advogados

O que faz um advogado de direito bancário?

O que faz um advogado de direito bancário?

O que faz um advogado de direito bancário

É fato que instituições bancárias são essenciais, pois todos nós precisamos de bancos ou organizações semelhantes, seja em maior ou menor grau. Contudo, para manter tudo funcionando, são necessárias diversas atividades bancárias, cada uma com sua complexidade e função na vida das pessoas. Sendo assim, o advogado de direito bancário se tornou cada vez mais necessário, a fim de tratar as relações entre entidades, seus serviços, obrigações e aqueles que as utilizam. Então, se você está pensando em contratar um escritório de advocacia, continue acompanhando o post de hoje e entenda o que faz esse profissional.

 

O que é o direito bancário?

 

Essa é uma área do direito privado que cuida e legitima o dinheiro, atividades bancárias, instituições financeiras e suas conexões com pessoas físicas e jurídicas. Ainda que esteja vinculado às suas normas, ele tem fundamentos de caráter público. Ou seja, visa o interesse coletivo e precisa estar em harmonia com as regras do direito público.

 

Esse setor é bastante dinâmico e tem como principal objetivo regulamentar a organização do sistema bancário e financeiro, das instituições de crédito, sociedades financeiras e suas atividades. Portanto, um advogado de direito bancário entende sobre contratos, direito do consumidor e o financeiro, assim como conhece macro e microeconomia, técnicas de negociação e se mantém informado sobre novidades do setor.

 

O que faz um advogado de direito bancário?

 

  • Elabora e analisa contratos de empréstimos, abertura de crédito rotativo, conta digital, cartão de crédito, cédulas de crédito bancárias, cessão e alienação fiduciária de direitos creditórios, etc;
  • Atua na recuperação de crédito bancário com condutas extrajudiciais e também com o ingresso de medidas judiciais;
  • Acompanhamento e representação em ações judiciais, a fim de minimizar encargos e verificar se existem cláusulas ilegais e abusivas;
  • Análise e obtenção de certidões de regularidade municipal, estadual e federal;
  • Assessoria na estruturação da recuperação e respectivos mecanismos
  • Avaliação da situação de créditos e garantias de empresas;
  • Análise, elaboração e/ou revisão de riscos financeiros;
  • Elaboração de pareceres e opiniões legais sobre operações financeiras ou bancárias envolvendo clientes, fornecedores ou parceiros;
  • Reorganização de dívidas e recuperação de créditos;
  • Avaliação e planejamento de débitos e créditos em conjunto com instituições financeiras;
  • Assessoria em operações financeiras nacionais e internacionais.

 

Então, como você viu, o advogado de direito bancário pode realizar diversas atividades importantes, garantindo a proteção e segurança de seus clientes, além de agilidade nos processos. Como possui conhecimento e experiência, é uma excelente alternativa para quem preza por um atendimento personalizado e adequado para suas necessidades.

 

Ainda em dúvida? Então, converse com um advogado online e saiba mais.

entrar em contato

Preencha os dados e entre em contato